Sobre mim


Os tipos de dominação que eu quero:

É muito importante que todos saibam quem é a Senhora do Castelo, para quando eu desejar falar por chat ou watts app eu não tenha que explicar quem sou e como eu sou e principalmente o que é BDSM, pois é muito comum entrarem no meu blog ou facebook e quererem me conhecer, sendo que a maioria do que sou e o que eu quero já estão nos tópicos apresentação, o que eu gosto  e o que eu busco, mesmo assim as pessoas iniciam com apresentações e pedidos que não cabem a uma dominadora sádica com experiência de mais de uma década e ter que ficar corrigindo as falas e convites.
Tanto na vida cotidiana, quanto como dominadora eu sou autoritária, controladora, adestradora e quem me conhece diz sempre a mesma coisa, que sou líder nata.
No BDSM não poderia ser diferente e nem consigo me descrever de outra forma, senão como uma dominadora e que fique bem claro, sádica, sem o contexto sexual, pois é o estilo de vida que escolhi, conheci e me aperfeiçoei.
Costumo dizer que nasci assim, mesmo quando criança eu logo tomava a frente e nas brincadeiras já obrigava minhas primas a ficarem de joelhos, o que eu gostava era dar castigos e quando elas sofriam e choravam eu gritava:  - E ENGULAM O CHORO E FIQUEM CALADAS, PORQUE EU É QUEM MANDO E SE NÃO ME OBEDECEREM, VÃO APANHAR MUITO, ENTENDERAM?
Adoro até hj e a vida para mim só tem graça se estou no comando de tudo, e quando eu encontrei o BDSM há mais ou menos 12 anos me senti nele como a sádica que sou e até hj passei a viver como estilo de vida.
Gosto de definir o BDSM que vivemos hj, por isso eu espero que pesquisem tudo que puderem antes de me abordarem, tentando me seduzir, já existem tantos links, grupos e até Wikipédia sobre o que é, com é e as práticas do BDSM que não vou ficar aqui dando aula, mas para facilitar para os iniciantes, alguns termos vcs tem que saber, pois são os que me atraem e pratico. Posso até ser repetitiva, mas agora que tenho um escravo psicólogo e que me dá assessoria e estou no curso de psicologia, mudei muito minhas técnicas e me sinto totalmente capacitada de dominar realmente, mas me cansa ter que ficar perguntando o que vc quer fazer. Que praticas gostaria ou tem experiência e principalmente que tipo de relação deseja ter, enfim, como quer se entregar e por isso vou colocar os tipos de dominação que eu quero, pois quem quer alguma coisa é a Senhora do Castelo. Vcs deve se entregar para realizar as minhas vontades, mas sobre duvidas básicas, sobre limites, negociações e safe-Word devem ser discutidas na medida da escolha das práticas que vou descrever agora, por isso leiam, se definam e ao me abordarem, já venham com o que escolheram.
• TPE (Total Power Exchange): Não há limites ou safe-word e o bottom abre mão de qq vontade ou poder de fazer escolhas em todas as esferas de sua vida. O que vale é a confiança mútua. A hierarquia e exercício do poder é total. Não há contrato, apenas se consolida após confiança mútua inabalável.
PPE - Partial Power Exchange – Separação das vidas D/s da vida social, mas as relações onde a hierarquia e exercício do poder estendem-se além das plays, cenas ou sessões, mas não é total. É comum para subs que possuem suas vidas social ou profissional independentes e sem influências da vida como escravo e essas duas mais:
SSS - São Seguro e sensual – não há consensualidade e sim sensualidade, no sentido de uma relação baseada no prazer mútuo, no respeito, no bom senso, no conhecimento profundo dos parceiros, na responsabilidade do dominante almejando um resultado prazeroso para ambos.

RISSCK – Fetiche (Kinky) consensual, Seguro (Safe) e são (Sane) com riscos informados. Seria o SSC com análise de risco detalhada.

2 comentários:

  1. bom dia senhora, já estou pronto para minha entrega, ou melhor eu sou teu escravo. Ciente dos castigos que me esperam por não cumprir as suas ordens em não dizer das minhas tarefas.Peço perdão por qualquer besteira que escrevi, mas sou teu escravo e quero aprender em servir a senhora. Peço humildemente que me encaminhe tarefas que não sei bem quais são até que possamos nos conhecer um dia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. senhora: Já até marquei o dia da minha entrega. Mas acho que não me quer por ser limitado. Peço humildemente que entre em contato comigo pois já estou preparado. Seu silencio me assusta.

      Excluir