Um podolatra a meus pés.


Devido a meus conhecimentos em psicologia tem dois vieses, um é ser totalmente ética e não misturar a vida acadêmica utilizando técnicas para atrair submissos com problemas de conflitos emocionais esperando que eu resolva. Isso eu deixo bem claro que jamais será possível. Um desses escravos entendeu e decidiu se entregar.
Um homem maduro, podolatra e submisso veio até meu blog e ficou extremamente fixado nas fotos em que aparecem meus pés e começou uma aproximação para uma possível sessão de podolatria. Disse para que lesse meus últimos posts para saber que sou inversora, modéstia parte uma das melhores no Brasil e não curto podolatria, mas mesmo com todos esses “não” ele insistiu em ser meu escravo, contribuir com uma mensalidade e que eu aceitasse sua entrega. Eu compreendo que esses fetichistas, quanto mais se recusa dar o que eles esperam, mais excitados eles ficam, mais loucos e tarados, perdendo o controle e tornando-se até irracionais, então eu coloquei uma possibilidade e segue nosso pequeno diálogo.
- Escravo, seja mais claro com suas intenções, porque eu não estou compreendendo o que você quer comigo, já que não curte ser minha mulherzinha, nem ser invertido, da mesma forma eu não sou feet e nem em sonho vou fazer uma sessão de podolatria só porque você gosta, então porque quer ser meu escravo?
- Nem eu mesmo sei, Senhora, o que sei é que me dominou nas nossas conversas, seus relatos, seu caráter dominador e me sinto excitado quando me nega tocar em seus pés e quanto mais nega, mais eu desejo servi-la. Nas suas fotos e falas, sempre seus pés estão sendo exibidos e em relatos sendo adorados.
- Adorados depois de saciar uma linda bunda e ainda recebendo mimos para currar, mas posso recomendar uma mulher sádica que adora ser beijada nos pés, mas já te falo, ela já tem escravo e portanto quando ela pega um avulso é somente para saciar seu sadismo, sua crueldade e eu já presenciei as investidas da Rainha Hemera Hoetcher  com seu escravo em sessões comigo e vou ser bem franca, tem que ser masoca o suficiente para suportar, porque não há perdão com essa dominadora, ela já tem tudo, trabalha, um submisso fixo e um tesão de pé, pode ser visto em seu facebook se não acredita, mas vc já procurou bares, clubes e mulheres podolatras para sua tara?
- Senhora, eu sou extremamente tímido, recluso e bloqueado no que diz respeito a falar com uma Domme. Contigo foi diferente, não sei se é porque já é quase psicóloga, ou se sabe mesmo dominar psicologicamente, pois eu fico teclando contigo, excitado e sem saber se isso vai para o real, mas até que ponto ela é sádica, sei que não gosta mais de relatos, mas poderia falar por cima o que se trata esse sadismo, pois como já me conhece, eu sou submisso e gosto de humilhações pelo virtual, mas não sou masoquista no sentido real da palavra.
- Pois bem, ela é sádica e, portanto, o obvio é que ela gosta de muita tortura e ver nos olhos do submisso a dor, o suplício, seu sofrimento, gemidos e urros. Uma vez ela fisgou o prepúcio do pênis do escravo que estava de joelhos a sua frente com um anzol e puxava ao mesmo tempo que com seu calcanhar massacrava suas bolas no saco escrotal. Numa outra vez, ela colocou um cinto de castidade no pênis e deixou o escravo lambendo seu pé de joelhos enquanto ela dava coices em seu saco e numa outra vez ela deitou o escravo nu diante dela sentada num sofá com salto alto e com a agulha do salto, ficou esmagando e perfurando seu pênis e o escravo gozou em seus pés e ela obrigou-o a lamber tudo seus pés e sandália.
- Nossa, Senhora gozei com esses relatos, mas não aguentaria nenhum deles, quero ser seu, quero que me treine, que me ensine e me prepare para uma sessão de podolatria com uma dominadora que a Senhora escolher. Quero contribuir mensalmente com 500 reais para ser seu, obedecendo a seus comandos e me submeter a seu treinamento. Mesmo que não beije seus pés, que tesão estou sentido, ou que seja pisado por eles, quero ser seu escravo, como já sou na expectativa de que me proporcione uma sessão na sua frente com uma dominadora e pagarei para cada uma todas as despesas. A Senhora nem imagina como me domina...

Por Senhora do Castelo 4.0.

Nenhum comentário:

Postar um comentário