Quando eu estou quase no Domspace



Porque eu surro minhas cadelas? Existem muitas dúvidas quanto ao meu sadismo. Sempre fui sádica, dominante e depois que vem um homem com desejos fortes de se feminizar, eu radicalizo para valer, se vai ser minha mulherzinha, minha putinha, tem que ser de fato, com hormônios femininos, sem ereções e muito menos masturbação, eca.
Depois de eles chegarem depilados, com suas bundas sedentas para oferecer-me, fazendo-se de putinhas como minhas vadias, eu mando me agradar de todas as formas, nem preciso pedir mimos e até os instrumentos utilizados, pois eles me dão tudo, hospedagem, as refeições, café de manhã com massagem nos meus pés, enfim, tudo que uma rainha merece e pode obter.
Quando eu falo que serão punidas com chicotadas, aí vem a clemência. Hahahaha. Porque Senhora? Eu mereço isso, já sofro tanto na minha vida, vou ter que apanhar?
Olho firmemente em seus olhos, normalmente baixos e dou-lhe uma bofetada para cair aos meus pés e falo: - Você não questiona, obedece. Não quer ser mulher de Rainha sádica? Eu odeio mulheres, principalmente submissas como você. Elas não se sustentam, são extremamente chatas, não buscam conhecer mais do que a cor do esmalte que usam e ainda são invejosas, falsas e frágeis. Eu tenho vocês para serem minhas marionetes, minhas cadelas, e meu sadismo está fazendo minhas mãos se aquecerem.
Depois de explicar para esses seres rastejantes e totalmente inúteis, eu pego meu chicote e começo a saraivada de surra. Nossa como meu clitóris fica ereto nessa hora e preciso me conter para não entrar num Domspace. Não sou pequenina, sou grande e um trample com vontade nessas vadias pode gerar muito tesão ou até uma fratura hehehehe, depois é claro, tortura naquilo que eles pensam que usam, sacos e pênis, uauuu... Ball Busting para valer e sem safe-word e para batizar, depois de marcas e urrando por clemência, minha chuva dourada e deixar lá, jogados no chão, mijados e sofrendo que se mais uma vez vier rastejando e implorando minha atenção, mas agora, sem perguntas de porque sou sádica.

Por Senhora do Castelo